PLAYLIST

domingo, 22 de março de 2015

Hospital Universitário alerta: estelionatários estão cobrando valores e ameaçando familiares de pacientes em estado grave


O  Hospital Universitário faz um alerta a população sobre um tipo de fraude que está sendo cometida por estelionatários. Esses ligam para familiares de pessoas que estão em estado grave, exigindo o pagamento de valores para manter o tratamento do paciente e ameaçando interrompê-lo, caso não paguem. Esses atendimentos não são cobrados, pois o Hospital Universitário (HU) atende pelo SUS. Portanto se receberem esse tipo de ligação desconsiderem, comuniquem a direção do hospital e registrem BO na polícia.

Leiam a matéria completa do Diário Catarinense e entendam como funciona a fraude. 

"Hospital Universitário alerta para fraude em cobrança por atendimento de pacientes internados

Direção da unidade descobriu que estelionatários estão entrando em contato com familiares pedindo dinheiro e ameaçando interromper o tratamento hospitalar


Thiago Santaella

Apenas nesta quarta-feira, a direção do Hospital Universitário da UFSC foi procurada por cinco pessoas que receberam ligações cobrando R$ 1,5 mil, R$ 2 mil e até R$ 3 mil para que seus familiares internados na unidade continuem recebendo tratamento. Os pedidos são fraudes. O HU não cobra por nenhum atendimento, já que atende 100% pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

— São pacientes que estão na UTI, pacientes em estado grave. Estão entrando em contato com os familiares e falando para fazer depósitos em uma conta para que possam comprar medicamentos e fazer exames se não os pacientes podem morrer — alerta o diretor do Hospital Universitário, professor Carlos Alberto Justo, conhecido como Paraná.

Os criminosos usam nomes falsos e apresentam números de inscrição em Conselhos Regionais de Medicina para fingir credibilidade. Mandam depositar o dinheiro em contas que, o hospital apurou, são do Mato Grosso. O DDD das ligações recebidas pelos familiares também é do mesmo Estado.

O HU pediu ajuda à Polícia Federal e à Polícia Civil para identificar como os estelionatários estão obtendo os contatos de referência dos pacientes que estão em situação mais delicada na internação do hospital. A apuração deve descobrir se o sistema do hospital foi invadido por hackers ou se houve algum vazamento interno.

— Algumas pessoas chegaram a fazer o depósito. Estamos orientando que tentem bloqueá-los junto aos seus bancos — disse Paraná.

O diretor disse que podem existir mais casos em que as pessoas pagaram sem desconfiar que pudessem estar sofrendo um golpe. A quadrilha se aproveita do momento de preocupação dos familiares para aplicar esse golpe, explica.

O hospital reforça que nenhum tipo de material utilizado ou procedimento médico realizado pelo HU é cobrado dos pacientes. Por atender pelo SUS, todo e qualquer atendimento é gratuito."
Fonte: <http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/geral/noticia/2015/03/hospital-universitario-alerta-para-fraude-em-cobranca-por-atendimento-de-pacientes-internados-4721212.html>                                                                                                                                                                                                       

3 comentários:

Mirtes Stolze. disse...

Quanta desumanidade, se aproveitar dessa forma horrenda de familiares que já estão passando pelo momento tão delicado, se aproveitar, roubar é já é um ato desprezível, esse então fiquei chocada. Beijos.

Odete disse...

Olá Mirtes,

Concordo plenamente com você, por isso abro mão de coisas pessoais para escrever os posts. Sou contrária a injustiças, preconceitos, bullying e atos cruéis como esse, ainda mais se aproveitando de pessoas menos esclarecidas muitas vezes, que se deixam chantagiar e caem nas armadilhas.

Obrigada mais uma vez por sua solidariedade e participação no blog. Um lindo e abençoado dia para você também.

Abraços a todos,

Odete disse...

Conforme divulgado na mídia hoje esse procedimento fraudulento também está ocorrendo em algumas outras localidades e hospitais.

Fiquem atentos!