PLAYLIST

domingo, 31 de maio de 2015

O caracol apaixonado, conto de Sérgio Mendes ganha prêmio de literatura


Sérgio Mendes venceu a segunda edição do Prêmio de Literatura Infantil 2015 do Pingo Doce com o conto "O caracol apaixonado". O anúncio aconteceu durante a Feira do Livro de Lisboa.

Sérgio nasceu em Guimarães, é doutorado em Física e professor na escola secundária D. Dinis, em Santo Tirso. Jovem, com apenas 41 anos, conquistou esse importante prêmio literário. Ele herdou do pai o gosto pela leitura e pelos livros.

O valor monetário do prêmio é muito expressivo, foi o maior atribuído na área da literatura para a infância e juventude.

Na difícil seleção entre tantos textos bons, o júri privilegiou o critério da qualidade da escrita, a narrativa ritmada e própria para crianças, além da imaginação e do colorido do texto e de uma escrita moderna, que seduzisse e prendesse a atenção de uma criança.

O júri foi presidido pela editora Zita Seabra, participaram Eduardo Sá, Isabel Stilwell, Isabel Zambujal e Sara Miranda. Nesta edição houve 1.300 inscritos.

Os interessados em canditarem-se a fase dedicada à ilustração que inicia em 02 de junho, deverão solicitar o texto vencedor e submeterem o seu trabalho artístico ao júri do prêmio.

Segundo divulgado na mídia, o livro com o conto O caracol apaixonado de Sérgio Mendes agregando a futura ilustração será publicado em novembro próximo.

Fonte: Diário Digital com Lusa <http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=775468>

sábado, 30 de maio de 2015

Loja virtual na internet, risco real: 500 sites desonestos



Loja virtual na internet, risco real: 500 sites desonestos. Esse é o título da matéria do Jornal O sul que você lerá na sequência, depois da imagem.

Não se pode generalizar, mas a verdade é que os problemas com o não recebimento de produtos ou a falta de qualidade destes têm aumentado bastante.  Somente hoje conversei com duas pessoas que efetuaram compras on-line e ficaram no prejuízo, pois pagaram, não receberam a mercadoria (roupas e perfumes) e não têm a quem recorrer. Essa falta de credibilidade e segurança nesse tipo de operação, pode gerar um decréscimo nas compras.

A qualidade dos produtos oferecidos por alguns sites deixa a desejar. Ouvi um rapaz contando que adquiriu um relógio de marca para presentear sua esposa e que o mesmo não durou um mês. Segundo ele, era falsificado. Mas podia esperar por isso, pois o relógio da marca custa em média 900,00 em Miami, ele adquiriu no Brasil por R$ 89,00. Com relação a esse tópico, desconfie de preços muito abaixo do valor de mercado. Procure comprar em sites confiáveis e conhecidos.  Há aqueles que demoram um pouco mais na entrega, mas honram os compromissos assumidos.

Um outro alerta que faço é exigir dos sites transparência nas transações, adquiri alguns produtos de sites (notebook, liquidificador, GPS). Sempre que consultava para ver a situação, havia informações não verdadeiras ou desencontradas. Mas liguei e exigi o cumprimento do acordado na compra e a mercadoria foi entregue no dia seguinte. Entretanto, no site continuava a informação desatualizada, não constava que o produto havia sido pago, menos ainda entregue.  E ainda entregaram o notebook a uma pessoa do prédio que não era eu, por sorte recebi e deu tudo certo.

Todo o cuidado nessa hora é crucial.


Uso do cartão de crédito pode trazer mais segurança para as compras on-line. (Crédito: Reprodução)
"Uso do cartão de crédito pode trazer mais segurança para as compras on-line. (Crédito: Reprodução)
Atraída pelo anúncio de roupas e acessórios importados a preços tentadores, em um banner em um portal de notícias, Leyla Maria Peixoto Martins não pensou duas vezes. Clicou na propaganda, que a levou ao site lojaswikee.com.br. Era início de dezembro, e as ofertas eram tão boas – como uma camisa polo Ralph Lauren que no exterior custa 85 dólares, cerca de 255 reais, por 89,90 reais – que resolveu comprar presentes de Natal para a família. Gastou 1.188 reais, pagos por meio de boleto bancário.
Nunca recebeu os produtos e, há alguns meses, o único canal de comunicação com a loja, um e-mail informado no site, foi desativado. Não conseguiu reaver o dinheiro. “Eu não costumo fazer compras em sites, mas naquela correria pré-Natal, resolvi facilitar a minha vida. E deu nisso”, lamentou.
Como Leyla, milhares de consumidores brasileiros são vítimas de sites que vendem, mas não entregam. Quase 500 desses endereços virtuais integram uma lista criada pelo Procon, atualizada periodicamente a partir de reclamações, que deve ser consultada antes de se fechar qualquer compra na web. São lojas on-line que precisam ser evitadas porque vendem o produto, não entregam e não são localizadas para uma negociação nem pelo consumidor, nem pela entidade.

Desde a criação da lista, em 2011, o número de sites incluídos cresceu mais de dez vezes, pulando de 44 lojas virtuais brasileiras para 472 atualmente. O ranking foi criado por causa da explosão do comércio pela internet, com muitas pessoas comprando pela primeira vez, explica Fátima Lemos, assessora técnica do órgão. Naquele ano, o Procon registrou o pico de reclamações sobre falta ou demora de entrega de produtos comprados pela web: 20.379 queixas. No ano passado foram 12.793. “O grande problema é que a maioria dessas lojas dá os maiores descontos no pagamento por depósito ou no boleto. E dessa forma é impossível reaver o dinheiro, caso a entrega não ocorra”, explica Fátima.

Para Pedro Guasti, diretor-executivo da E-bit, consultoria de compras on-line, o número de sites que aplicam golpes é irrisório. “No Brasil temos entre 40 mil e 50 mil lojas virtuais ativas, com CNPJ [Cadastro Nacional da Pessoa jurídica]. Então, esses sites que devem ser evitados representam 1%. É um índice muito pequeno dentro desse universo que movimenta 40 bilhões de reais com cem milhões de pedidos por ano, mas tem gente que gosta de correr riscos”, destacou.



Identificar fraudadores é difícil
Não é tão simples, porém, identificar um site que não vai cumprir com a oferta. Até porque, explica a assessora do Procon, nem todos foram criados para aplicar o golpe e têm indícios claros de fraude, como produtos a preços muito abaixo dos praticados pelo mercado. Há os que são bem estruturados e trazem todas as informações que um site de vendas deve ter: “Alguns são colocados no ar por empreendedores que não tinham noção da demanda, não deram conta de realizar as entregas por falta de estrutura logística ou mesmo de estoque e desaparecem, lesando os clientes”. Outra forma de identificar que o site trará problemas é se ele não informa e-mail e telefone de contato válidos, um endereço físico, do escritório ou de depósito, e o CNPJ. Estas informações são obrigatórias, de acordo com o Decreto do Comércio Eletrônico, em vigor há dois anos, lembra Ricardo Theil, coordenador de Segurança da Camara-e.net.

Cartão de crédito: segurança
O advogado especialista em defesa do consumidor Vinicius Zwarg explica que, quando o pagamento é feito por meio de boleto ou depósito bancário, a dificuldade de reavê-lo é muito grande, porque é difícil encontrar o representante legal da empresa. Por isso, o ideal é sempre realizar o pagamento por meio de cartão de crédito. Pois, em caso de golpe, a administradora do cartão pode ser acionada e, ao comprovar ilegalidade, estorna o que foi pago e suspende as demais parcelas.

O artigo 7 do Código de Defesa do Consumidor prevê, ainda, que todos os causadores do dano respondam solidariamente pela reparação ao consumidor. O que pode levar, por exemplo, buscadores e sites de comparação de preços que exibem ofertas desses sites a serem responsabilizados, caso o consumidor opte pela compra, por meio dessa pesquisa, e não receba o produto. No entanto, o advogado Zwarg alerta que essa é uma discussão judicial e que não há um entendimento pacificado pelo Judiciário sobre de quem é a responsabilidade pela reparação. (AG)"

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços


Este pishing contém dados de uma empresa ATIVA junto a Receita Federal. Fica o convite para a Administração da empresa se manifestar sobre o uso indevido de sua razão social por falsários, bem como adotar as açoes julgadas oportunas, contra os emissários da mensagem.

Não posso ter nota fiscal de serviços com essa empresa, haja vista que não tenho quaisquer relações comerciais com a mesma.




quarta-feira, 27 de maio de 2015

Banco do Brasil - Atualização criada por falsários


Esta mensagem é mais um dos pishings criados por falsários, usando indevidamente o nome da instituição Banco do Brasil.

Se você tiver dúvidas, se dirija a sua agência e fale com o seu Gerente.  Nunca preencha cadastros via on-line, quando não tiver certeza da veracidade da informação.




terça-feira, 26 de maio de 2015

DETRAN débitos online, sua CNH foi notificada


Esta é mais uma fraude praticada por estelionatários, usando indevidamente o nome do DETRAN.  O DETRAN não notifica motoristas por este meio de comunicação.

Se a pessoa desconhecer a fraude, não pesquisar antes de efetuar os pagamentos, é certo que os valores irão para o bolso das quadrilhas.  

Se receberem a mensagem, não click nos links indicados, denunciem SPAM e deletem-na.




segunda-feira, 25 de maio de 2015

Receita IRPF 2015


A mensagem foi enviada utilizando meu endereço de e-mail de forma fraudulenta,  antes desse endereço server...

Portanto, é fraude! Não fique curioso(a) e não tente acessar a mensagem. Se tiver pendências com o IR, dirija-se diretamente a sede da Receita Federal DA SUA CIDADE.

Se receber mensagem semelhante ou igual a essa, denuncie SPAM e delete.   Lembre-se que a Receita Federal somente faz intimações via correio e AR.






domingo, 24 de maio de 2015

Transferência bancária, mais uma fraude


Se receber esta mensagem, denuncie SPAM e delete.




sábado, 23 de maio de 2015

Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) em seu CNPJ/CPF


Nota Fiscal eletrônica (NF-e), mais uma fraude.  Se receber a mensagem, denuncie SPAM e delete.


sexta-feira, 22 de maio de 2015

Orçamento, mais um pishing


A mensagem me foi enviada com esses nomes, em geral são fictícios.  Mas o que precisamos saber é que ela é pishing.

Portanto, se recebê-la, denuncie SPAM e a delete.




quinta-feira, 21 de maio de 2015

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços


Este é mais um pishing, utilizando indevidamente a razão social de terceiros.

Se receber a mensagem, denuncie SPAM e delete. 






terça-feira, 12 de maio de 2015

TED, não se deixe seduzir pelo dinheiro


Se receberem esse pishing, denunciem SPAM e deletem a mensagem. Não cliquem no link sugerido.


segunda-feira, 11 de maio de 2015

Departamento de Polícia Federal - Queixa/Denúncia de crime em seu CPF/E-mail


Sabe-se que os falsários se utilizam do nome da Polícia Federal para disseminarem seus pishings, pois desta forma as pessoas ficariam atônitas e poderiam clicar no link indicado. 

Fiquem tranquilos, a Polícia Federal não envia correspondências dessa natureza on-line. Se receberem esta mensagem, denunciem SPAM e deletem.


domingo, 10 de maio de 2015

Prêmio? Dinheiro? Apenas uma invenção de mentes desocupadas


Se receberem a mensagem, denunciem SPAM e deletem. Não existe prêmio algum e você não ganhou nada.







terça-feira, 5 de maio de 2015

Cheques devolvidos, mais um pishing


Se receberem esta mensagem, denunciem SPAM e deletem. Lembrem-se que os falsários, em geral, usam nomes ou partes de nomes de empresas existentes ou baixadas, para disseminar seus pishings.