PLAYLIST

terça-feira, 22 de abril de 2014

Como bloquear Ligações e SMS indesejados

Odete Soares Rangel

Os brasileiros andam mesmo incomodados com os abusos nos contatos de telemarketing e SMS que oferecem produtos e serviços não solicitados. E mesmo você os recusando, são tão inconvenientes que chegam a irritar, obrigam você a desligar.  Eles parecem desconhecer a palavra não e a expressão não tenho interesse. Chegam ao cúmulo de querer que você diga o tipo de produto que possui e quanto paga, e porque não quer trocar para o produto que estão oferecendo, fazendo parecer um ótimo negócio. 

Leia o artigo do Jornal O Sul datado de 21 de abril do corrente,  especialmente a parte O QUE FAZER sobre as empresas de telefonia.

E também andam cansados de tantas ligações de trotes ou a cobrar nos seus telefones residenciais e celulares que lhe chegam nos horários mais inoportunos, sem que nada possa ser feito para acabar com essa anarquia praticada por desocupados.

Na quarta à noite um desses indivíduos ligou para nossa residência. Perguntou com quem falava. Ao saber o nome da pessoa que atendeu a ligação, veio com aquela história idiota que todos nós conhecemos. 

Questionou em qual cidade a pessoa tinha mais primos. Sabendo o nome da cidade e o nome de um dos primos, se identificou como esse e disse que estava  vindo visitá-lo. Porém, precisava de ajuda, pois seu carro havia quebrado naquela cidadezinha mais perto de Florianópolis, quando a pessoa disse São José, respondeu: "essa mesma." 

Desconfiada de que era um trote, a pessoa disse que estava preocupada com a tia (falecida anos atrás), quando então o falsário disse que ela estava ótima e com eles, mas tinha se deslocado até a Polícia Federal na busca de ajuda, pois o guincho que chamara não vinha. 

Não sabendo que havia sido desmascarado, e convicto de que havia convencido a outra parte a cair na sua armadilha, forneceu um telefone para que a  pessoa ligasse para o rapaz do guincho e ele ligaria minutos depois para saber, como de fato o fez só que não atendemos.

A Moral da história é  que quando a pessoa ligasse para o suposto rapaz do guincho, cupincha do falsário, esse diria que só poderia atendê-lo se pagasse antecipado. Pediria que fizesse o depósito numa determinada conta no banco imediatamente ou que fosse até lá levar o dinheiro, quando então seria assaltado.

Que sirva de alerta as pessoas de bem e crédulas para que não caiam no golpe, isto está acontecendo em algumas cidades do RS, SC, SP e RJ. E certamente em outros estados e cidades.

Vamos lutar para que nossos direitos e privacidade sejam preservados! 







Nenhum comentário: